Paulo Guerra

Paulo Guerra nasceu em Leiria há 58 anos, aí tendo estudado até ingressar na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, onde se licenciou em Direito, corria o ano de 1986.

Ingressou no Centro de Estudos Judiciários em 1987, foi Juiz de Direito em Leiria, São João da Pesqueira, Ansião, Porto, Lisboa e Coimbra, exerceu funções docentes e de Director-Adjunto no Centro de Estudos Judiciários e é atualmente Juiz Desembargador no Tribunal da Relação de Coimbra.

Trabalhou durante muitos anos ao serviço do Direito das Crianças, ramo jurídico que sempre o apaixonou e que tem recebido há largos anos o melhor dos seus cantos judiciários.

Já fez rádio.

Foi fundador de um jornal regional.

Já fez crítica cinematográfica em jornais.

Conserta os brinquedos dos seus sobrinhos.

Sofre de uma doce doença chamada cinefilia.

Tem um blogue.

Tem publicada obra jurídica e literária.

Sempre escreveu.

E continua a escrever.

Filtros ativos

  • Cantigas de exaltação e bem...
    Vista rápida
    • -10%
    tombalivros

    Cantigas de exaltação e bem...

    11,79 € -10% 10,61 €

    Temos dois nomes.

    Porque somos duas pessoas.

    Como diz o poeta, escolhemos os nossos amigos pela cara lavada e pela alma exposta.

    Não queremos só o ombro ou o colo, queremos também a sua maior alegria.

    E a nossa maior alegria sempre foi povoar os nossos cadernos de infantes de mil histórias e de cumplicidades sem complementos indirectos e sem marés fartas de encher.

    Há muito que escrevemos.

    Sem parar.

    Nesta obra, demos as nossas mãos e as nossas palavras.

    As que sobravam a cada um.

    Um começa o poema e encerra-o com uma frase.

    O outro continua partindo apenas desse primeiro estímulo, começando com a última frase do poema anterior (fim e início dos poemas devidamente assinalados a itálico), até se fechar o ciclo numa caminhada desenfreada.

    (...)